19 de abril de 2012

Quando não estou a ler (3)

... vou a eventos relacionados com livros e leituras. :D 

Dia 18 de Abril Martin veio! A propósito da estreia da nova temporada da série "Game of Thrones" no Syfy e do pré-lançamento de um livro de contos pela Saída de Emergência, Martin passou por Portugal, mais propriamente pelo Teatro Villaret em Lisboa e eu estive lá! A fangirl que há em mim quase não podia caber em si de contente pois finalmente (!!!), após imprevistos que me afastaram da sua passagem por Lisboa em 2008, ia estar no mesmo espaço e ter um livro autografado por um dos melhores autores que li nos últimos anos. É certo que só li os quatro primeiros volumes (em português) d'As Crónicas de Gelo e Fogo, mas conquistou-me logo desde cedo. Personagens cinzentas, sangue a rodos, a incerteza no futuro... os livros são praticamente uma montanha russa de emoções, adorei os que li e os restantes têm leitura para breve.

Tive então o prazer de lá estar e voltar a sentar-me no Trono de Ferro (que esteve a fazer uma tournée pelas FNACs aquando da estreia da 1ª temporada e voltou agora para a 2ª) e fazer a pose à Jaime Lannister, baseada na imagem ali ao lado, ainda que me fosse escangalhando a rir. :D Como sempre a Saída de Emergência tinha a sua banca de livros, desta vez unicamente devota aos livros que tem publicado deste autor e já com o novo livro, O Cavaleiro de Westeros e outras histórias.

Finalmente chegou a hora da entrada na sala de teatro, que ficou a rebentar pelas costuras de tanta gente que apareceu para o evento. Tive a sorte, mais o twitgang, de arranjar lugar sentado, mas foram muitos os que tiveram que ficar de pé. Pouco depois das 19h entrava então o George R.R. Martin, ao som do genérico da série, no palco para (quase) delírio dos muitos fãs ali presentes. Falou um pouco sobre cada conto, sendo que a maior parte é de ficção científica, género em que iniciou-se na escrita, e um é passado então em Westeros. Tivemos a oportunidade de ouvir como é que algumas das histórias lhe surgiram. Aparentemente o autor nem sempre sabe o que lhe serve de inspiração mas contou algumas histórias engraçadas. :)

Seguiu-se um Q&A em que falou um pouco, sem spoilers, da série de livros e da série televisiva. Já não é novidade que o senhor gosta do Tyrion, mas que não é por isso que está a salvo. Aliás, houve mesmo quem perguntasse se, no meio de tanto mal a acontecer a personagens boas, alguma coisa de boa há-de acontecer, ao que ele respondeu que se a morte for uma coisa positiva então pode acontecer, ou algo do género. :P Falou sobre o processo de escrita dos vários POV's, de como lidou com os fãs aquando dos anos que demorou a escrever A Dance with Dragons (conselho de Martin: "Don't feed the trolls") e que autores o inspiram, destacando Tolkien e o seu Senhor dos Anéis, nomeadamente o capítulo "The Scouring of the Shire" e como Tolkien, com o seu final agridoce, acaba por mostrar como todos são afectados pelos vários acontecimentos, desejando Martin fazer o mesmo nas suas Crónicas de Gelo e Fogo. Também disse que mesmo estando a escrever esta série de livros e envolvido em edições de antologias, as ideias não lhe param de surgir e precisaria da imortalidade para escrever todas as histórias. Também avisou que, ao contrário de Tolkien e Robert Jordan, não tem muitas notas da séries pelo que rezemos pela sua saúde para que seja então capaz de acabar esta saga e contar muitas outras histórias. :)

Por fim houve uma longa sessão de autógrafos. Por estar sentada numa das filas do fundo, saí de lá quase às 23h mas a companhia (sois as maiores pá!) e a atmosfera eram tão boas que o tempo parece ter passado num instante! Não fosse a fome que sentia, estupidez minha por não ter levado nada para trincar, e tinha sido magnífico. Que parva estou a ser... Mesmo com fome foi MAGNÍFICO! Fico à espera que ele regresse cá. :)

6 comentários:

Joana Neto Lima disse...

\o/ Martin *swoons*

WhiteLady3 disse...

Depois também quero ler o teu relato!

Esqueci-me de escrever (a emoção ainda é muita!) que ele disse para fazermos perguntas enquanto ele estivesse a assinar os livros. Se lhe perguntassem "posso fazer-lhe uma pergunta?" era era a questão, por isso para perguntarem-lhe logo cenas mas não "quem são os pais de Jon Snow?" Eu armada em esperta cheguei lá e disse "Lyanna e Rhaegar?!" ao que ele olhou com cara de "hã?" e disse "como tinha dito para não perguntarem quem eram os pais, resolvi fazer a questão de outra maneira :D " mas o senhor não foi na conversa e disse apenas "no comments!" *suspira* Tinha de tentar, não é verdade? :D

jen7waters disse...

Um belo fim de dia, portanto. \o/

Mas para a próxima leva mesmo uns snacks, já viste se desmaiavas por falta de açúcar no sangue e não assistias a tudo? Desgraça! xD

WhiteLady3 disse...

Sim, belo mesmo. :D

Já está na lista de coisas a não esquecer quando for ter com autores que gosto. Acho que fiquei foi mal habituada aquando da Juliet Marillier porque houve almoço. Devia estar à espera do mesmo com o Martin... xD

Laura disse...

OMG, TAMBÉM LÁ ESTIVE!!
Mas como fiquei de pé fui das primeiras, hehehe :f

WhiteLady3 disse...

Sortuda, mas também o sou porque pelo menos fiquei sentada. :D Acho que o Martin fez bem ter começado por quem estava de pé, sobretudo porque aquilo estava a abarrotar e seria muito incómodo estar quase 3 horas em pé.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...