31 de dezembro de 2010

Este ano e o próximo

Chegado o fim de mais um ano, como que se impõe um olhar para trás, às promessas feitas para o ano que acaba, e fazer um pequeno balanço de modo a perceber se cumprimos os nossos objectivos. Bem, tendo em conta que em termos literários tinha pensado, para 2010:
continuar com as minhas pilhas (numa tentativa de ler os livros que tenho cá por casa), vou tentar comprar menos livros e frequentar com mais frequência as BLX. Também estava a pensar fazer meses temáticos
parece-me seguro dizer que o saldo foi positivo. É verdade que comprei e adquiri muitos livros (Novembro foi uma loucura!) mas também li muitos emprestados, tanto pelas BLX como pela Slayra. *abraça* Isto é para continuar em 2011 (talvez não com tantos empréstimos da Slayra que devolver e emprestar tantos livros dá uma grande dor de costas :P ) numa tentativa de diminuir os livros por ler que tenho por casa e poupar alguns trocos, já que infelizmente os tempos não são de fartura.

Quanto aos meses temáticos, fiz apenas 1 dos 3 pensados (tinha pensado fazer sobre Japão, autores portugueses e China, mas só o primeiro foi em frente) e que se prolongou por mais de um mês. No entanto gostei de me dedicar a um tema e escrever um pouco sobre ele, pois senti que aprendi um pouco mais e li autores que provavelmente não me passaria pela cabeça ler. Daí querer continuar com esta rubrica, mas tenho de escolher bem o período para me dedicar a temas (Maio e Junho são meses a evitar!). Em princípio deverei fazer um mês dedicado a autores de língua portuguesa, já que são muitos os livros que tenho por casa e que tenho curiosidade em ler (acrescida depois de ter lido Gloria in Excelsis, as mais belas histórias portuguesas de Natal), apesar de os relegar constantemente para um segundo plano.

Não tinha nenhuma meta de livros a ler este ano, ao contrário do ano passado, mas foi com alguma satisfação que vi o número chegar aos 50 livros (ainda que alguns fossem livros divididos em 2 volumes). Não pensei que tivesse lido tanto, já que houve meses fraquitos em termos de leituras. Dentro desses 50 li variados géneros, tendo o romance histórico, juntamente com a fantasia, sido os mais predominantes. Fiz três grandes descobertas, Julia Quinn, Sarah Addison Allen e Jacqueline Carey foram autoras que me encheram as medidas; já no canto da desilusão aponto Robin Hobb e Emily Brontë, pois tinha muitas expectativas para os seus livros e no final não apreciei por aí além. :/

No fim de contas, até não foi um mau ano. Seguindo, mais ao menos, o que fiz no início deste ano mas referente ao ano passado, segue o que de melhor e pior passou por aqui em 2010.

Melhor livro: Provavelmente O Dardo e A Marca de Kushiel. Devido à sua escrita belíssima e às personagens brilhantes, este deve ter sido o livro que mais me entusiasmou este ano.

Livro decepção: O Monte dos Vendavais pois esperava muito mais deste clássico da literatura. Não gostei dos personagens e não consegui, de todo, relacionar-me com elas. Talvez o tenha lido na altura errada, pelo que será para reler mas este ano foi a decepção.

Melhor capa: A capa de Of Mice and Men é linda. Muito simples e ilustra uma cena do livro. Acho que todas as capas deveriam ser assim. As capas dos livros da Charlaine Harris também são muito elegantes e as da Sarah Addison Allen dão a conhecer o carácter mágico do romance, ainda que tenham cores muito garridas e de que não sou particularmente fã. :P

Pior capa: Há semelhança do ano passado, uma capa em que podiam muito bem ter-se concentrado ou na moça ou no jardim. Agora a moça por ali a pairar meio translúcida estraga e não dá nenhuma harmonia, a meu ver, à capa.

Autor surpresa do ano: Já referi as três autoras que mais me fascinaram este ano e que espero continuar a acompanhar - Julia Quinn, Sarah Addison Allen e Jacqueline Carey.

Melhor personagem: A macieira de O Jardim Encantado! Achei fenomenal a ideia de uma macieira que tem o que dizer e que tem um carácter muito forte e magnético, é difícil não gostar dela. Quero uma macieira assim, que desate a atirar maçãs para ser ouvida. :D

Já no que diz respeito a 2011, gostaria de dinamizar o blog. Já o tentei fazer em 2010, com publicação de opiniões sobre os mais variados temas e coisas que me passem pela cabeça. Era para ser uma rubrica quinzenal mas, como sempre acontece, ou faltam-me temas, inspiração ou tempo. Vou tentar continuar com o mesmo este ano, mas estejam avisados que a periodicidade deverá variar. Se quiserem propor temas, também aceito sugestões.

Também vou tentar ver e comentar mais filmes e séries, já que não é só de livros que vivo e, apesar de este blog ser quase um repositório de críticas a livros, nasceu com o intuito de abranger variadas áreas e actividades a que me dedico. Por isso se aparecer algum post dedicado a crochet, costura ou cozinha, não estranhem.

Outro objectivo para o ano que começa é participar em bookclubs nos sites Dreams and Speculation e Jawas Read, Too! dedicados às escritoras de ficção científica e fantasia, bem como no Calico Reaction que tem um Alphabet Soup, mas a minha participação vai estar condicionada aos livros que possua ou estejam disponíveis na biblioteca, pelo que devo participar uma ou duas vezes. :/

Falando em Calico Reaction...Para 2011 resolvi alterar a classificação a usar para estar mais de acordo com a maneira como avalio os livros. É capaz de ser um pouco mau e algo injusto de se dizer, mas a verdade é que penso em termos de dinheiro investido na compra, pelo que resolvi mudar de gostei/não gostei para vale/não vale o dinheiro gasto. Como sempre achei piada à classificação do blog mencionado, resolvi adaptá-la e a partir de agora vou usar esta classificação:
  • Para ter na estante - aqueles livros para ler e reler, para guardar e aconselhar a toda a gente. Se foi comprado está guardado num lugar especial, se não foi é para comprar o quanto antes!

  • Vale o dinheiro gasto - livros que me agradam e que no final se revelam um bom investimento. Se forem emprestados posso ponderar a sua futura compra.

  • (Se fosse) Emprestado e pouco se perde(ria) com isso - livros mais ou menos. Se emprestado fico contente por não ter gasto dinheiro nele e talvez até leia a continuação (no caso de séries) se estiver disponível na biblioteca. Se adquirido provavelmente será dado e, no caso de ter continuação, não me parece que queira gastar dinheiro, prefiro pedir emprestado

  • Com tanto livro e tive de pegar neste - aqueles que acabam por se revelar uma perda de tempo e dinheiro, tenha sido emprestado ou comprado.

  • Não acabei - acho que diz tudo.

Mais uma vez aceito sugestões se acharem que a classificação pode ser melhorada. Tento sempre manter as coisas simples, daí adoptar 5 pontos, mas se acharem que mais um ou dois possam ser mais esclarecedores é só dizerem que eu prometo pensar nisso.

Outra coisa que vou implementar, e que já tinha dito aqui, é calcular o “Custo do Vício” e que pode ser acompanhado na barra lateral do blog.

Bem, acho que é tudo. Boas leituras e bom ano novo!

13 comentários:

Célia M. disse...

Fico mesmo contente que tenhas gostado da Jacqueline Carey, os livros dela são fantásticos. Idem para a Sarah Addison Allen, que também aprecio bastante (apesar de ter achado o último um pouco mais fraco). A Julia Quinn ainda não experimentei, mas se tudo correr bem será em breve :)
Quanto às decepções, partilho contigo "O Monte dos Vendavais", mas da Robin Hobb gosto bastante :)

Parabéns pela vontade de dinamizar o blogue! E uma rubrica de guest blogger, hein? :D

De resto, e como já te tinha dito, gosto da nova classificação ;)

Ana C. Nunes disse...

Acho engraçado o teu novo método de classificação. Faz sentido!

Leste um número muito direitinho (50) :), e já são bastantes. Eu li +/- o mesmo e para o ano espero ler ainda mais, mas mais que isso, quero é que a qualidade suba também. Isso sim é que é desejável.

Um excelente ano de 2011 para ti.

Elphaba J. disse...

Eu também gostei muito de Jacqueline Carey, ou pelo menos o Dardo de Kushiel, infelizmente não o li numa fase boa e para ler a continuação vou ter de o reler. Mas é sem dúvida uma das coisas que quero fazer em 2011.
Adorei a capa de “Of Mice and Men”, desconhecia de todo.
É bonita de ver essa vontade em fazer o blogue evoluir, não vejo mal nenhum em dinamizares os posts e não te ficares apenas pelos livros. :) em relação às classificações eu gosto simples e intuitivo! ;)

Beijinhos e Boas festas!

Cat SaDiablo disse...

Gosto muito da classificação. Quando estava a ler pensei que às vezes uso expressões bastantes parecidas para falar de alguns livros :p

Parabéns pelo teu blog, e espero que consigas dinamizá-lo como pretendes. Se precisares de ajuda é só apitar :p

Também gostei muito de Carey, a escrita é belíssima, e gosto muito de Hobb :P

um excelente 2011 para ti, com tudo de bom :)

WhiteLady3 disse...

Célia, se calhar já faltou mais para ter uma rubrica com convidados mas não queria estar a tirar-te a ideia. ;) Estava a pensar mais em termos de fazer um jogo, como o Book Uno do Jawas Read Too! mas tenho de pensar bem. De qualquer maneira obrigada pela sugestão. ;)

A classificação é mesmo por nos últimos anos pensar nesses termos. Não consigo evitar e sempre dá um cunho pessoal e penso que mais subjectivo, até porque tento explicar o porquê da classificação. :)

Obrigado pelos votos de feliz ano. Espero que 2011 traga a todas muitas coisas boas!

Célia M. disse...

Qual tirar a ideia, qual quê :P
A ideia não foi minha, estou só a fazer o mesmo que blogues internacionais já fazem há bastante tempo... gostava mesmo que se espalhasse aos blogues tugas :D (no fundo, no fundo estou é desejosa que me convidem para escrever um textozito *assobio*). No fundo, acho que era uma forma de tornar os blogues mais próximos, porque confesso que a maior parte das vezes a sensação que tenho é a de rivalidade e não de união.

Quanto ao jogo, A-D-O-R-E-I a ideia!! Se quiseres uma voluntária, podes contar comigo :)

WhiteLady3 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
WhiteLady3 disse...

LOL! Ok, nem que seja para poderes escrever um texto! :D Mas a sério, agora que falas nisso, acho que já sei de algumas pessoas que gostava de convidar a escrever... *coça o queixo*

Quanto ao jogo, tenho de pensar mesmo muito bem, mas gostei da ideia do desafio ser um tema e ter de se escolher um livro que temos, o que seria óptimo para ler aqueles que uma pessoa vai adiando. Mas é preciso um pouco mais de brainstorming...

Jacqueline' disse...

Gosto bastante da classificação. Visto que mudei de casa há pouquíssimo tempo e metade do que arrumei foram livros, estou muito satisfeita em ter decidido há algum tempo deixar de comprá-los. É verdade que não tenho na minha estante os meus livros preferidos, mas simplesmente detestei ter de carregar com livros de que não gostei muito e que sei que nunca irei reler.

cris disse...

Uso muitíssimo as BLX, estão bem recheadas, pela net podem-se consultar, requisitar e renovar os livros e a custo zero!Bom ano 2011!
cris

WhiteLady3 disse...

Dá para renovar on-line? Por acaso nunca tentei, sempre pensei que fosse necessário dirigir-me à biblioteca para o fazer, até porque parece-me que se existirem reservas o livro pode não ser renovado. Tenho de tentar numa próxima vez. Não que me importe de ir à biblioteca, já que renovo e trago mais alguma coisa, mas com a chuva que tem estado deve saber bem renovar um empréstimo sem sair do quentinho. :D

cris disse...

Tens de pedir um código p consultares on line e dp podes renovar...caso já existam pedidos p esse livros então não consegues mas aperece-te essa informação...bj

WhiteLady3 disse...

Tenho o código para consultar, acho que vou tentar fazer o renovar na próxima vez que precisar. :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...