21 de agosto de 2010

Clube de Sangue (Sangue Fresco, Livro 3) [e-book]

Autor: Charlaine Harris
Género: fantasia urbana
Editora: - | Nº de páginas: -
Nota: 4/5

Resumo (da editora Saída de Emergência): Bill corre perigo e é o sensual Eric que ajuda Sookie a encontrá-lo. Mas quando Sookie descobre Bill – num acto de traição – ela não tem a certeza se o quer salvar... ou afiar estacas e dar cabo dele.

Há apenas um vampiro com a qual Sookie Stackhouse está envolvida, pelo menos de forma voluntária, e esse vampiro é Bill. Mas recentemente, ele tem estado um pouco distante. E noutro Estado. Eric, o seu chefe sinistro e sensual, julga saber onde encontrá-lo e, quando dá por isso, Sookie está a caminho de Jackson, no Mississippi, para se infiltrar no submundo do Clube de Sangue. Este clube é um local perigoso onde a sociedade vampírica se reúne para descontrair e beber um copo de O positivo. Mas quando Sookie finalmente descobre Bill – apanhado num acto de traição séria – ela não tem a certeza se o quer salvar... ou afiar estacas.


Opinião: Li este livro na sua versão original, mas coloquei o resumo em português já que é nesta língua que tenho lido os livros, tal só não aconteceu com este porque a biblioteca não o tem, apesar de já ter os livros seguintes (o que eu acho mal! :P ).

É verdade que não fiquei muito entusiasmada com os dois primeiros volumes, mas a série televisiva cativou-me e como a terceira temporada gira à volta dos acontecimentos deste livro (ainda que muito alterado, e há que enfatizar o muito...) decidi-me a ler para assim ler depois os volumes 4 e 5 disponíveis então na biblioteca e o 6º livro, que ganhei num passatempo que teve lugar no blog Sangue Fresco.

Como disse, os livros anteriores não me pareceram grande coisa, sobretudo por a acção se dividir em duas: primeiro temos um crime em Bon Temps que envolve Sookie de alguma maneira e depois muda para outra coisa completamente diferente, que tem que ver com vampiros, mundo para o qual ela é puxada por namorar com um, e finalmente regressamos à primeira linha de história que é rapidamente resolvida. Felizmente, apesar de termos igualmente dois mistérios, este livro apresenta uma história mais linear, sendo um mistério dentro de outro, e foi isso que mais me agradou, já que não parece que andamos a saltitar de uma coisa para outra.

Mais uma vez a história é contada sob o ponto de vista da Sookie, que é algo colorido e sem dúvida divertido de seguir. Gosto bastante dos seus apartes, de como ela vê e retrata as restantes personagens com que se cruza, e de como percebe e tenta resolver as situações com que se depara. Neste livro ela parte à procura de Bill, que parece ter desaparecido pouco depois de comentar com outros vampiros que desejaria acabar a sua relação com Sookie. De coração partido, mas sentindo que o seu desaparecimento pode estar relacionado com o trabalho que ele estava a fazer para a Rainha do Louisiana, ela parte com Alcide Herveaux, um lobisomem, para o Mississipi e frequenta o dito clube que dá o nome ao livro, também conhecido por "Josephine's".

Sempre me queixei da relação de Sookie e Bill nos livros, e neste continuo a não sentir química entre os dois (já na série é diferente). O mesmo já não posso dizer em relação a Eric e Alcide, que têm com Sookie um bom entendimento. O diálogo com o vampiro consegue ser mesmo hilariante e o lobisomem parece ser alguém em quem Sookie pode confiar e com quem se pode relacionar sem ter grandes chatices, se não contarmos com a ex-namorada daquele está claro... E este é um dos pontos negativos. As personagens secundárias como Debbie, Tara e até o rei do Mississipi são pouco desenvolvidas, ainda que sirvam perfeitamente para o desenvolvimento da história. Sendo os livros contados pela protagonista, é óbvio que a visão que se tem destas personagens seja algo tendenciosa e com algumas falhas já que ela não as conhece, mas ainda assim gostava de saber um pouco mais sobre aquelas de modo a entender o que as move. Pode ser que num próximo livro sejam mais trabalhadas, pois parecem interessantes. Charlaine consegue criar personagens diversas e coloridas para ilustrar o seu mundo. Para além disto, gostei de perceber um pouco mais do mundo vampírico, nomeadamente a hierarquia, com reis e rainhas, e gostei da introdução dos lobisomens.

Este volume acaba de forma peculiar, digamos assim, e mal posso esperar para ver o que dali vem. Dizem que o próximo livro é dos melhores (parece ser uma opinião unânime) e pela primeira vez nesta série sinto-me entusiasmada e motivada para ler a continuação.

3 comentários:

Elphaba J. disse...

Tens mesmo de ler o 4ºvolume da série, para mim é sem dúvida o melhor dos que foram editados até a data em português. Mas atenção eu sou suspeita, adoro a série ;)

WhiteLady3 disse...

Já li até ao sexto e o quarto é sem dúvida muito bom. Mas desde o terceiro, tenho gostado de todos. Gosto de como a autora está a aprofundar o seu mundo e de como apresenta personagens muito bem conseguidas e diversas.

Jacqueline' disse...

Este foi o último que li e também gostei muito, especialmente porque, tal como tu, não me sentia muito convencida com a relação Bill-Sookie :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...