2 de dezembro de 2008

Black Powder War (Téméraire, Livro 3)

Autor: Naomi Novik
Género: fantasia histórica
Editora: Del Rey | Nº de páginas: 400
Nota: 4/5

Resumo (da capa): After their fateful adventure in China, Capt. Will Laurence of His Majesty’s Aerial Corps and his extraordinary dragon, Temeraire, are waylaid by a mysterious envoy bearing urgent new orders from Britain. Three valuable dragon eggs have been purchased from the Ottoman Empire, and Laurence and Temeraire must detour to Istanbul to escort the precious cargo back to England. Time is of the essence if the eggs are to be borne home before hatching.

Yet disaster threatens the mission at every turn–thanks to the diabolical machinations of the Chinese dragon Lien, who blames Temeraire for her master’s death and vows to ally herself with Napoleon and take vengeance. Then, faced with shattering betrayal in an unexpected place, Laurence, Temeraire, and their squad must launch a daring offensive. But what chance do they have against the massed forces of Bonaparte’s implacable army?


Opinião: Estes livros começam a parecer-se com a série Sharpe de Bernard Cornwell, mas se aquela segue um soldado comum, nesta seguimos um dragão e o seu aviador que, a cada livro, são chamados para cumprir alguma ordem ao serviço de Sua Majestade. Não era bem isto que eu esperava desta série, mas não deixa de ser boa por causa disso.

Desta vez, os nossos protagonistas, ainda na China, são chamados a dirigirem-se para Istambul e reaverem três ovos, aí comprados pelo governo britânico. Seguimos então a sua viagem, liderada por Tharkay, um misterioso guia, e conhecendo pelo caminho outros dragões (estes não domados). Chegando a Istambul, são confrontados com intrigas fomentadas por Lien. Mas este dragão não se fica por aqui e dá a conhecer as suas verdadeiras intenções, juntar-se a Napoleão e assim fazer a sua vingança.

Mais uma vez adorei os dragões, nomeadamente Téméraire. Gosto de como ele se deixa influenciar por aquilo que vai vendo e vai argumentando as suas dúvidas e ideais com Laurence. Este, que até conhecer o dragão nunca tinha questionado o que fazia, começa também a deixar-se influenciar pelas ideias de Téméraire, assistindo-se deste modo a um gradual crescimento das personagens. Gostei sobretudo da parte em que este comenta com Téméraire a maneira como Napoleão vê os dragões e actua tendo-os em grande conta, quase à semelhança das ideias de Téméraire. Eis pelo que, na minha opinião, esta série se assemelha mais uma vez a Sharpe. Também o protagonista de Cornwell se questiona sobre os ideais que Napoleão reivindica, como a ascensão pelo mérito e que vai de encontro às suas pretensões.

Também gostei da personagem de Lien, apesar de se ver pouco, e de Tharkay, que gostaria de continuar a ver presente nos livros. A pequena Iskierka também parece vir a dar o que fazer. Resta agora adquirir os restantes volumes e pedir à Editorial Presença que se apresse a publicá-los.

4 comentários:

cafe.esteiro disse...

ainda nao há este livro em portugues????

WhiteLady3 disse...

Ainda não, nem sei quando será publicado. Mandei um e-mail à Editorial Presença assim que acabei o segundo volume e até hoje não recebi nenhuma resposta. :(

fatima disse...

o segundo esta venda em qualquer livraria (tipo bertrand) que eu quero comprar????

WhiteLady3 disse...

Penso que sim, que se encontra em qualquer livraria, se bem que tenho visto mais em hipermercados, talvez porque há menor variedade e por isso salta mais à vista.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...