30 de setembro de 2008

North and South (North and South, Livro 1)

Autor: John Jakes
Género: Ficção histórica
Editora: Dell | Nº de páginas: 812
Nota: 3/5

Resumo (da capa): The brilliant American novel that chronicles the lives of two great family dynasties, spanning three generations. The Hazards and the Mains were brought together in a friendship that neither jealousy nor violence could shatter… but they have been torn apart by the storm of events that divided a nation.

Opinião: Tomei conhecimento deste, e dos outros dois livros que compõem esta série, por acaso. Enquanto estava a fazer zapping, deparei-me com uma adaptação deste livro na RTP Memória, que os meus pais lembravam-se de ter visto e que procurava retratar a Guerra Civil Americana. Assim, ao fazer uma pesquisa na net encontrei estes livros e, já que conheço pouco da História Americana, achei que seria interessante lê-los.

A história deste volume centra-se nos anos que antecedem a guerra civil, dando-nos a conhecer duas famílias, os Hazards e os Main, que provêem de dois distintos backgrounds. A primeira é do Norte, com a sua riqueza assente na industrialização e no trabalho de emigrantes, enquanto que a outra provêm do sul, com a sua riqueza assente na agricultura e no trabalho escravo. Numa época em que a tensão social é enorme, devido à discussão da abolição da escravatura, o laço de amizade destas famílias é testado.

É um livro interessante, para quem gosta de história, já que tenta mostrar os dois lados da discussão, desde o ponto mais moderado até ao radical, pelo que o leitor pode nem sempre concordar com as ideias, os fundamentos e as acções de alguns personagens, mas não pode deixar de ouvir os seus argumentos. No entanto, a discussão destes assuntos torna-se por vezes repetitivo e cansativo num livro deste tamanho. As personagens a meu ver podiam ser um pouco mais profundas, mas a caracterização delas é suficiente para dar a conhecer as diferentes facções.

Esperava algo mais do livro mas nota-se claramente que não foi pensado para ser único, pelo que os volumes posteriores poderão desenvolver mais algumas personagens.

Já que a início falei na série, recomendo-a mais do que ao livro. É claro que não é uma adaptação 100% fiel, mas mostra de forma exemplar os pontos mais importantes do livro. Uma boa opção para quem tiver curiosidade acerca da história mas não tem a paciência ou acesso aos livros, pois em Portugal ainda não consegui encontrar nenhum exemplar (os que tenho chegaram-me através do BookMooch).

Quinto livro lido para o Historical Fiction Reading Challenge, que infelizmente não consegui acabar. Mas foi interessante participar. :)

3 comentários:

Antonio Garcia Barreto disse...

Sugestão de leitura: "A Mulher da Minha Vida", Oficina do Livro, 2008

http://mulherminhavida.blogspot.com

Mónica Colaço disse...

Lembro-me desta série no inicio da minha juventude e do quanto dela gostei. Agora quanto ao livro tenho sérias dúvidas que fosse gostar assim tanto daí nunca me ter dado para o adquirir e acho que depois desta tua crítica não passará pela minha biblioteca algum dia.

WhiteLady3 disse...

António, muito obrigada pela sugestão.

Mónica, a série televisiva é mesmo muito melhor e uma boa alternativa aos livros. O segundo volume está a tornar-se uma tortura, com tanto saltitar entre personagens e que em pouco ou nada parece fazer avançar a história. George R.R. Martin faz um trabalho melhor, neste saltitar entre inúmeras personagens.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...