24 de março de 2013

De momento... (3)

Comida: ainda não experimentei mas isto parece tão bom.

Livros: esta semana devorei a primeira parte do 84, Charing Cross Road mas quando o registo mudou, mudou também o meu entusiasmo que foi então esmorecendo. Mas vou tentar acabá-lo hoje e começar o Gone Girl para uma leitura conjunta com a Slayra e a Diana.

Contava participar no Spring Reading Thing mas como as leituras não andam famosas resolvi não ir para a frente com a coisa, mesmo que seja "a low-pressure, stressfree challenge that should be fun". Não quero meter-me em desafios, mesmo que ajudasse a ler para todos os outros, porque já são muitos e sinto que não me estou a divertir, o que até tem acontecido (tenho voltado a divertir-me) desde que deixei de contar aquisições, leituras e sei lá que mais. Ando a ler por ler e quando não me apetece vou fazer outras coisas. :)

Filmes/TV: ontem vi uma maratona de "HIMYM" na Fox. Já disse que adoro a série? As primeiras temporadas são capazes de ser das melhores coisas que já vi em televisão e só é pena a premissa ter-se arrastado no tempo, o que leva a que se repitam várias situações que já sabemos que não vão ter finais diferentes.

E OMD "The Killing" voltou! "The Killing" voltou! E eu ainda não vi o primeiro episódio da segunda temporada, mas já pus TUDO a gravar (abençoada box!) e FINALMENTE vi o último episódio da primeira temporada, que tinha perdido porque a cabo tinha ido à vida no preciso momento em que me preparava para ver. Já agora, também há livros baseados na série.

Vi também o filme "Nick and Norah's Infinite Playlist" que não gostei por aí além, nem a banda sonora me chamou assim tanto a atenção, mas continuo a ter curiosidade em ler o livro.

Música: perdi, mais uma vez, a oportunidade de ver os Mumford and Sons ao vivo, mas Imagine Dragons e Hurts têm continuado a acompanhar-me no dia-a-dia, e parece-me que não me vou fartar assim tão cedo.

Aconselho: visitarem a exposição da Joana Vasconcelos no Palácio Nacional da Ajuda. Não que goste particularmente da obra da artista, vi algumas peças quando estiveram expostas no CCB e tirando os sapatos pouca coisa me chama a atenção, mas o Palácio é lindo e, na minha humilde opinião, bate Versalhes  (que achei muito "despido", mas também com a Revolução Francesa não admira) aos pontos.

E não esquecer que logo há Só Ler Não Basta em directo com as meninas do Clockwork Potugal. *nervos*

4 comentários:

Patrícia disse...

O killing voltou? raios, e eu perdi isso? vou já pôr tudo a gravar que a minha box foi trocada e com ela foram todos os episódios da segunda temporada que ainda não tinha tido tempo de ver.
Mas estou a gravar a série sueca. Tenho para mim que ainda será melhor que a americana.
bjs

WhiteLady3 disse...

Ainda não vi a americana, foi mesmo a dinamarquesa que voltou e oh para mim a pular de felicidade! :D

Patrícia disse...

ah, ok.
Eu estava a pensar que era Sueca. Mas também já está a gravar. Ambas as temporadas. Vou querer ver do início.
Tks
Pat

WhiteLady3 disse...

Insere-se, a meu ver apesar de não conhecer muito, na vaga de thrillers nórdicos que têm chegado ao cinema, televisão e livros, mas a acção passa-se em Copenhaga. Eu gostei bastante sobretudo por dar uma visão diferente da resolução de um caso, foca imenso a família da vítima e como lidam com isso. No entanto, fez-me muita impressão a noite ser interminável! Mas já no Wallander, cuja acção se passa na Suécia e em pleno Verão, os dias não têm fim. A minha conclusão, não admira que a taxa de suicídios seja alta no norte da Europa... O_o

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...