31 de julho de 2012

Julho 2012

Mais um balanço mensal! Este mês o ritmo de leitura baixou um pouco sobretudo porque me tenho dedicado a outras coisas como mudar o layout do blog (gostais?) e escrever um texto sobre mim. Sempre achei este tipo de textos pretensiosos mas culpai a procrastinação e o aborrecimento. xD Também me tenho dedicado à televisão, à contemplação, sendo que geralmente a contemplação se dá comigo a repetir o mantra "eu não vou bater nestas pessoas, é melhor torturá-las na minha mente", e ao trabalho. Entretanto, continuo a tentar colocar a leitura do Instapaper em dia, já está quase mas às vezes é complicado sobretudo quando, num dia mais calmo no trabalho, fico sem acesso à internet. :/ Queria ver se punha a leitura de artigos em dia para poder acumular outros quando for de férias. :P

Há uns dois meses uma série de bloggers resolveram fazer um Unconventional Blog Tour, escrevendo sobre os vários aspectos de bloggar, digamos assim. Tem artigos em como um blogger se deve comportar e como não precisa de seguir as indicações de "How to Blog" porque vozes e posturas diferentes acabam por ser mais apelativas. E deixem-me salientar o texto referente a citar fontes e que faz uso do Harry Potter! xD Também houve uma série de bloggers a escreverem sobre o Book Expo America e a Conferência de bloggers que teve lugar em junho e que suscitou ponderações como esta.

Outras coisas interessantes:
  • No Dear Author escreveram sobre autores que fazem alterações a textos digitais, depois de o leitor o ter comprado! Era de pensar que uma pessoa gasta o dinheiro numa obra completa e não numa que pode ser "melhorada".
  • Sobre ficção histórica e o que os autores devem à história, interessante sobretudo sabendo que há autores, como Guy Gavriel Kay, que até se querem debruçar sobre determinados períodos mas preferem fazê-lo em mundos fantásticos.
  • Queremos mais heroínas na ficção para adultos! E já agora em filmes e tal...
  • Um bingo para quem quiser ler Murakami. Eu sei que vou fazer quando pegar num livro do autor. xD
  • Não li todos os livros fantásticos que aqui sugerem para fazer séries, mas concordo com Kushiel's Legacy e com o do Patrick Rothfuss, apesar de o livro não me ter encantado por aí além. Está claro que também concordo com o Outlander, mas pode já estar a ser adaptado! *fangirla com calma para não agoirar a coisa*
  • Ando numa de ver projetos DIY, gostava mesmo de colocar alguns em prática, e achei geniais estas 25 ideias para estantes!
  • Sobre cenas de sexo. Tendo a concordar.
  • Sobre Jekyll e Hyde. Um texto muito interessante que me fez mudar a perceção da história e sinto que tenho de voltar a ler sobre esta luz, digamos assim.
  • Em abril houve discussões sobre mulheres a escrever fantasia e ficção cientifica (o link é para o último post do mês "Women in SF/F" no blog Fantasy Cafe, mas há imensos posts, é só darem uma vista de olhos ao arquivo de abril e maio), em junho foi a falta de diversidade cultural no romance que parece que esteve em discussão.
  • I want this because of dragons!
  • Não podia deixar de concordar com este artigo. <3
  • Claro que depois de colocar o post de ontem tinham de dizer que "O Hobbit" vai ser dividido em três. E ainda perguntava o que podia correr mal... Esticarem a coisa!!! Oh God, why?
  • Imagens de livros e leituras.

Para além disto, anda por aí toda uma polémica entre autores, leitores e críticas. Na verdade acho que já vem desde o início do ano, mas agora parece tomar outras proporções e um site que eu adoro, o Goodreads, anda lá pelo meio. Não digo que uma parte tem razão e a outra não, mas digo que há quem vá longe demais. Acho que este texto levanta uma questão interessante "porque é que aquela única crítica é levada tão a peito?" É certo que algumas críticas são duras e por vezes mais parecem gozar que criticar, mas será que teriam tanta visibilidade caso o autor não chamasse a atenção para tal? E se têm milhares de críticas positivas e só uma negativa, porquê implicar com ela? Somos todos pessoas diferentes, com gostos e experiências diversas, nada irá ser magnífico de forma unânime. Quando se trabalha para o exterior, para um público, há que estar sujeito aos mais variados tipos de reações e usá-las para progredir. Se uma opinião parece não ter valor nenhum senão deitar alguém abaixo, é colocá-la à borda do prato e investir no que todos os outros gostaram. Eu sei, é difícil, todos queremos que os outros digam que somos bons e ouvir críticas ríspidas abalam a confiança de uma pessoa, mas há que ser maior que isso, erguer a cabeça e continuar a ir à luta.

Deixando os livros para trás... Como penso que já disse, estou a tentar seguir o sistema GTD. Ainda ando à procura do sistema perfeito mas há sites (que sobretudo a Tchetcha me indica *gracias!*) que vão dando boas dicas como esta, para ir para a cama a tempo e horas (apesar de aparentemente as 8 horas de sono serem um mito). Está a demorar um pouco a pôr em prática, sobretudo porque me distraio com a internet. :/ Isto é sem dúvida um hábito que tenho de colocar em prática, mas será preciso cerca de 21 dias até virar rotina (acho que é a média, ou pelo menos lembro-me de mencionarem isso no módulo de Gestão do Tempo de um curso que frequentei o ano passado). Tenho de tentar organizar-me melhor e impor-me regras.

E falando em impor regras... O objectivo de diminuir a pilha TBR já lá vai e cansa dizer, todos os meses, que tenho de deixar de adquirir livros. Mas devia! :P

Compras:
  • Homem-Aranha - Integral Frank Miller
  • X-Men - Os Filhos do Átomo
  • Capitão América - A Lenda Viva
  • Thor - As Idades do Trovão

Compras e-book (Amazon a custo 0):
  • Through the Door (The Thin Veil, Livro 1) de Jody McIsaac

Ofertas e-books:
  • The Difference Engine de William Gibson e Bruce Sterling
  • Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord (Love By Numbers, Livro 2) de Sarah MacLean
  • Eleven Scandals to Start to Win a Duke's Heart (Love By Numbers, Livro 3) de Sarah MacLean

Empréstimos de colegas do trabalho:
  • Duas Irmãs, um Rei (The Tudor, Livro 2) de Philippa Gregory

Empréstimos da Slayra:
  • Nine Rules to Break when Romancing a Rake (Love By Numbers, Livro 1) de Sarah MacLean

Já vão em 70 livros adquiridos/emprestados este ano e apenas 30 livros lidos (na lista vem 33 mas os do Shakespeare estão num único livro e como ainda não li tudo não o marco como lido). Só este mês a pilha aumentou mais 7 livros para 446 livros por ler (81 e-books + 355 livros + 10 áudio-livros - acrescentados mais 7 e-books que tinha perdidos pelo pc e 3 livros). Mas seguem-se meses em que vou ter algumas semanas de férias, colegas e pessoas que me podiam emprestar livros também não são vistas com tanta frequência, pelo que pode ser que a tendência mude. Só penso continuar a adquirir semanalmente os livros da série Heróis Marvel, dos quais já tenho os primeiros 4 volumes.

4 comentários:

Telma Teixeira disse...

Agora relembraste-me que me tenho esquecido de apontar os livros adquiridos! *choque*

WhiteLady3 disse...

Não dá para veres pelo Goodreads? Eu às vezes esqueço-me de apontar na lista mas adiciono sempre ao GR.

Diana Marques disse...

Gostemos do novo layout, gostemos! :D
E gosto tanto quando vejo posts destes nos blogs, porque fico a conhecer uma data de sites que não conhecia e que são bem interessantes :)

Olha, ali nos livros fantásticos que sugerem para séries, eu até tenho cá a trilogia do Brent Weeks que ofereci ao meu irmão e que ele deixou cá, quando se juntou com a namorada :P Agora fiquei curiosa para ler.

E as ideias para prateleiras, há algumas tão giras!! Tenho é que comprar um berbequim de jeito, que o que temos cá em casa não fura como deve ser, e já houve estantes a cair cá em casa...
E as pinturas com livros!! ^^ Há lá algumas tão bonitas.

WhiteLady3 disse...

Já que vou lendo coisas, não me importo de partilhar até porque valem a pena. :)

Eu tenho andado de olho nos livros do Brent Weeks, mas é daqueles que só encontro o 2º ou 3º volume e se o comprar tenho quase a certeza que começa a ser editado em PT. xD

LOL Cá por casa ainda não houve problemas desses. Realmente há ali umas ideias giras, o pior é que cá em casa já não há mesmo espaço para estantes. Talvez prateleiras, mas mesmo assim... :/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...